Escala de PALESTRAS das TERÇA FEIRAS - Mês de MAIO e JUNHO

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO - DIAS DA SEMANA


       DIA DA               SEMANA:  HORÁRIO:                       TRABALHOS REALIZADOS: DIRIGENTE:
Segundas
Feiras
   20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho Mediúnico
Reginaldo
Terças
Feiras
   20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário (Andar Térreo)
Passe e Trabalho Mediúnico
Fabio e
Claudio
Quartas
Feiras
   20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho Mediúnico
Vecchi
1ª Quinta Feira
do mês
   20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho de Desobsessão
Vecchi
Sextas
Feiras
   20:00 hsAtendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho Mediúnico
Elen e Sérgio
Sábados
   20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário - Passe - Trabalho Mediúnico e Evangelização de criançasIvando
Terças (a cada 2 meses)
   20:00 hsVibrações para a Saúde (Tratamento Espiritual)Fábio e Cláudio 




Prescrição para aqueles que receberão o tratamento espiritual:

- Abster-se de álcool no dia do atendimento.

- Fazer uma alimentação equilibrada.

- Trazer uma garrafinha com água.

- Chegar 15 minutos antes.



ESCLARECIMENTO SOBRE O PASSE

O QUE É O PASSE?

 

Nesta página temos um esclarecimento sobre o passe que é a terapia mais usada na casa espírita.

 

Nos dias descritos abaixo temos o Passe (tratamento Espiritual) após uma preleção Doutrinária. Em seguida, em alguns dias,  temos o Trabalho mediúnico que pode ser visitado (Conversar com o dirigente do dia)







PASSE:

 

 Que é, suas origens, aplicações e efeitos

 Quem pode tomar o passe.

 Quem deve buscar o auxílio dos passes?

 Quando tomar o passe e por quanto tempo.

 A técnica do passe

 Magia e religião

 Acessórios desnecessários no passe

 Há necessidade de pôr as mãos no paciente ?

 Preparação para o passe

 Qual deve ser o comportamento do paciente no momento do passe ?

 Passe à distância

 Há locais especiais para os passes ?

 É verdade que o passe não dispensa tratamento médico?

 passe pode dispensar a presença do passista.

 água fluídica é benéfica ?

 oração sincera pode substituir o passe?

 A presença do paciente é indispensável ao passe ?

 

O que é, suas origens, aplicações e efeitos

É uma transfusão de fluidos feita pela espiritualidade, fluidos do médium (princípio vital) , dos espíritos desencarnados e da natureza.

O passe espírita é simplesmente a imposição das mãos, usada e ensinada por Jesus como se vê nos Evangelhos. Origina-se das práticas de cura do Cristianismo Primitivo. Sua fonte humana e divina são as mãos de Jesus.

É uma reposição de energias vitais feita pela Espiritualidade.

Não é passe magnético, é passe mediúnico. A palavra mediúnico já diz que não é o passista quem dá o passe, são os espíritos através dos médiuns. Um passista é um médium e pede a assistência do seu guia ao dar o passe.

 

Quem pode tomar o passe.

É uma terapia, espírita ,que não tem contra-indicação. Todos podem tomá-lo, adultos e  crianças.

 

Quem deve buscar o auxílio dos passes?

Apenas aqueles que estão doentes ou padecendo de males físicos ou espirituais para cuja cura o passe pode concorrer. Pessoas sadias, que estejam bem de saúde, não precisam de passe.

 

Quando tomar o passe e por quanto tempo.

É aconselhado como complemento para tratamento de problemas físicos, ou distúrbios emocionais como: medo ,angústia, tristeza profunda , depressão e etc. A quantidade de passes, individuais, deve ser a necessária até que o paciente se sinta em harmonia consigo mesmo. Depois disso, a manutenção da saúde será feita com a participação ativa nos trabalhos que sentir afinidade, tais como:

 

 Estudos Doutrinários

 Trabalhos de educação Mediúnica

 Trabalhos na Campanha Auta de Sousa.

 Trabalhos na Assistência Social

 A técnica do passe

O passe tornou-se  popular por sua eficácia. É tão simples um passe que não se pode fazer mais do que dá-lo. O passe não é uma técnica, mas uma doação fluídica de amor.

A técnica do passe não pertence a nós mas exclusivamente aos Espíritos Superiores. Só eles conhecem a situação real do paciente, as possibilidades de ajudá-lo em face de seus compromissos nas provas, a natureza dos fluidos de que o paciente necessita e assim por diante.

Magia e religião

A Magia é prática, nasceu das mãos e funcionava através delas. A Religião é teórica, nasceu dos olhos, da visão abstrata do mundo e funciona no plano das idéias. Na Magia, os homens submetem os deuses ao poder humano, obrigam a Divindade a obedecê-los, a fazer por eles. Na Religião, os homens se submetem aos deuses, suplicam a proteção da Divindade. Mas, apesar dessa distinção, as religiões não se livraram dos resíduos primitivos das fórmulas mágicas. Todas as Igrejas da atualidade, mesmo após as reformas recentes, apegam-se ao fazer dos mágicos, através de seus sacramentos.

No Espiritismo os resíduos mágicos não podiam existir, pois trata-se de uma doutrina racionalista, mas o grande número de adeptos provindos dos meios religiosos, sem a formação filosófica e científica da Doutrina, carreiam esses resíduos para o nosso meio, numa tentativa de padronização de práticas espíritas e de transformação dos passes num fazer dos médiuns e não dos espíritos. É tipicamente mágica a atitude do médium que pretende, com sua ginástica, limpar a aura de uma pessoa ou limpar uma casa.

Todo o poder e toda a eficácia do passe espírita dependem do espírito e não da matéria, da assistência espiritual do médium passista e não dele mesmo. Os passes padronizados e classificados derivam de teorias e práticas mesméricas, magnéticas e hipnóticas de um passado já há muito superado. Os espíritos realmente elevados não aprovam nem ensinam essas coisas, mas à prece e a imposição das mãos. Toda a beleza espiritual do passe espírita, que provém da fé racional no poder espiritual, desaparece ante as ginásticas pretensiosas e ridículas gesticulações.

Acessórios desnecessários no passe

O passe espírita não comporta as encenações e gesticulações em que hoje envolveram alguns teóricos improvisados, geralmente ligados a antigas correntes espiritualistas de origem mágica ou feiticista.

Todos os acessórios ligados à prática tradicional do passe devem ser banidos dos Centros Espíritas sérios. O que nos cabe fazer nessa hora de transição da Civilização Terrena não é inventar novidades doutrinárias, mas penetrar no conhecimento real da doutrina, com o devido respeito ao homem de ciências e cientista eminente que a elaborou, na mais perfeita sintonia com o pensamento dos Espíritos Superiores

 

Há necessidade de pôr as mãos no paciente ?

 

Em geral, não. As experiência demostram que basta a imposição das mãos próximo da cabeça do paciente para se obter resultados. Algumas vezes o passista pode sentir uma força dirigindo-lhe a mão para certas regiões do corpo do paciente, sem entretanto, necessidade de tocar diretamente essas regiões.

Preparação para o passe

É muito comum chegarem pessoas ao Centro, ou mesmo dirigindo-se à casa de um médium, pedindo passe com urgência. O passe não pode ser dado a qualquer momento e de qualquer maneira. Deve ser sempre precedido de preparação do passista e do ambiente bem como do paciente.

A falsa ideia  de que basta estendermos as mãos sobre uma pessoa para socorrê-la é uma pretensão que tem suas raízes nas práticas mágicas. O passe não é um ato de magia, mas uma ação consciente de súplica às entidades espirituais superiores que nos amparam.

 

Qual deve ser o comportamento do paciente no momento do passe ?

Em primeiro lugar, deve Ter a consciência do que está ali fazendo; depois, a compreensão de que o passe é uma terapia e como tal pode dar os resultados esperados ou não. Ao se encaminhado ao local, deve sentar-se comodamente, de forma descontraída, concentrando seu pensamento no que está ocorrendo. É dispensável qualquer outra exigência, tal como a de não cruzar as penas, colocar as mãos com a palma voltada para cima etc. essas coisa não tem sentido. Enfim, a posição do paciente é de colaboração.

 

Passe à distância

Não há distância para a ação dos passes. Não obstante, não se deve desprezar a importância do efeito psicológico da presença do paciente no ambiente mediúnico ou da presença do passista junto a ele. Temos, nesse caso, dois elementos importantes de eficácia no tratamento por passes. O efeito psicológico resulta dos estímulos provocados no paciente por sua presença num ambiente de pessoas interessadas a ajudá-lo, o que lhe desperta sensação de segurança e confiança em si mesmo.

Além disso, a presença do paciente numa reunião lhe permite receber a ajuda do calor humano dos outros e da doação fluídica direta, seja do médium ou também de pessoas que o acompanham. Assim, o passe à distância só deve ser empregado quando for de todo impossível o passe de contato pessoal.

                São esses também os motivos que justificam a prática dos passes individuais nos Centros, onde todos sabem que ninguém deixa de ser assistido e receber a fluidificação necessária.

 

Há locais especiais para os passes ?

A rigor, o passe pode ser aplicado em qualquer local, horário e dia. Nos centros espíritas bem organizados, são aplicados segundo a disciplina estabelecida e necessária, em local geralmente fixo. "Quando digo no mesmo local não me refiro a uma obrigação absoluta, pois os Espíritos vão a toda parte. Quer dizer que é preferível um local consagrado às reuniões, porque o recolhimento se torna mais perfeito. Seria supersticioso acreditar na influência dos dias e das horas. Os momentos mais propícios são aqueles que o evocador esteja menos absorvido pelas suas preocupações habituais, em que seu corpo e seu Espírito estejam mais calmos" LM ;282

 

É verdade que o passe não dispensa tratamento médico?

Eis outra questão delicada. O espiritismo não se importa em absoluto com o fato de o paciente estar se tratando com médicos e, ao mesmo tempo, tomando passe. A maioria dos dirigentes de centros espíritas estimula os freqüentadores a procurarem seus médicos ou a permanecerem com os tratamentos que estes prescreverem . por que e de onde surgiu isso? O temor de estar  transgredindo a lei, como no caso do receituário mediúnico, é evidente aqui. Mas , pergunta-se, e aqueles que, absolutamente, não têm condições de ir em busca de um médico, como ficam?

Não se pode esquecer, é claro, daqueles que, por puro misticismo irracional, acreditam que a ação dos Espíritos é capaz de tudo resolver, dispensando outras providências. Para este caso, o conselho é importante. É preciso que saibam que os Espíritos têm limites à sua ação e que, muitas vezes, a cura que se busca não está nas mãos deles, mas de outros.

Como se vê. A questão é mias de esclarecimento do que de imposição. Quanto à questão da lei, Kardec já dizia, a seu tempo, que "a mediunidade escapa completamente às leis sobre o exercício ilegal da medicina, desde que não prescreve qualquer tratamento. Com que penalidade poderiam ferir aquele que cura só por sua influência, secundado pela prece que , ademais nada pede como preço dos seus serviços?

 

 

 

O passe pode dispensar a presença do passista.

Sim. Neste caso, trata-se de ação direta dos Espíritos sobre o paciente. Lembre-se do seguinte: a presença do passista ou médium importa na doação de energias magnéticas e espirituais. A ausência do passista ou médium significa, pois, ausência de energia magnética. Se o paciente necessitar desta energia, não a terá; caso contrário,  pode ser atendido diretamente pelos Espíritos, como há exemplos.

 

A água fluídica é benéfica ?

A água  é, em si, um grande bem. Há inúmeras informações na Doutrina Espírita sobre o seu valor terapêutico. Em "A Gênese" Kardec lembra que as mais insignificantes substâncias - a água, por exemplo - podem adquirir qualidades poderosas e eficazes sob a ação do fluido espiritual ou magnético ao qual servem de veículo, ou, se quiserem, de reservatório". (Cap. XV item 25)  É normal, portanto, que a água seja utilizada em muitos casos como complemento do tratamento. Mas, veja bem, em certas religiões a água é também utilizada de modo diferente, criando nos espíritos uma idéia de dependência, o que não se pretende no Espiritismo . portanto, o seu uso no centro espírita deve se racionalizado e não difundido aleatoriamente.

O correto é usar a água quando a sua indicação for necessária, sem abusos. E quando esto ocorrer, a água deve ser submetida, em momento especial, à magnetização por passistas, da mesma forma que acontece no passe, a fim de se transferi para ela as propriedades curativas.

 

A oração sincera pode substituir o passe?

A prece, quando feita para beneficiar alguém, não deixa de se um tipo de passe. "O Espiritismo proclama a sua utilidade não por espírito de sistema, mas porque a observação permitiu constatar a sua eficácia e modo de ação. Desde que, pela lei dos fluidos, compreendemos o poder do pensamento, também compreendemos o da prece, que é, também ela, um pensamento dirigido para um fim determinado "a prece sincera aciona os fluidos, fá-los envolver a própria pessoa e também beneficiar os necessitados, atraindo bons Espíritos e aumentando o poder dos fluidos

 

A presença do paciente é indispensável ao passe ?

O passe pode se dado à distância, quando o paciente está impossibilitado de ir ao centro e o passista de ir ao seu encontro. Através do pensamento, o passista, auxiliado pelos Espíritos, remete ao paciente as energias que daria com este presente .há centros que organizam grupos de pessoas para atendimento específico a doentes à distância.

 

BIBLIOGRAFIA:

"Obsessão o Passe a Doutrinação" - José Herculano Pires

"Mediunidade"- José Herculano Pires

" Você e o passe" - Wilson Garcia

O Atendimento Fraterno.

O atendimento Fraterno  presta-se a receber todos que buscam na Doutrina Espírita o abrigo para as suas aflições. Constitui-se numa  atividade de relação de ajuda, desenvolvida, com algumas variações, pela maioria das casas espíritas. Configura-se, também, em importante e acolhedora porta, através da qual muitos adentram no Espiritismo. Ainda mais importante, consiste num encontro fraternal entre aquele que tem carências a serem supridas e o tarefeiro atendente, capacitado para ouvi-lo e orientá-lo quanto aos recursos que a doutrina e a casa espírita colocam ao seu alcance. 


Este atendimento espírita não é mediúnico. Apresenta as características de trabalho solidário e fraterno, dirigido principalmente para esclarecer, orientar, ajudar ou consolar, com base na Doutrina Espírita e no Evangelho de Jesus, os que estão à procura de respostas às suas necessidades e questões existenciais. 


Em síntese, trata-se de uma conversa privada, individualizada e amiga. Não pretende resolver os problemas, nem fazer desaparecer os sofrimentos oriundos dos males físicos e da alma, mas contribuir para o despertar das potencialidades do indivíduo, que podem ser utilizadas na superação de si mesmo e dos obstáculos externos. Para tanto, deverá haver o empenho moral e o esforço da vontade, por parte do atendido, em tomar as rédeas da própria vida.


É preciso ter em mente de que o atendimento fraterno não promete obter curas miraculosas e resultados espetaculares. Na visão espírita, você encontrará a melhor solução através do seu esforço e de acordo com a vontade de Deus. Jesus ensina-nos como devemos reagir frente às provas e expiações com que debatemos: "Ajuda-te a ti mesmo, que o Céu te ajudará" ou, "Faça a tua parte (ajuda-te), que eu te ajudarei" ou " A cada um segundo suas obras." De modo algum, devemos esperar do Espiritismo ou do Atendimento Fraterno garantias absolutas para suprir nossos males. Apesar disto, teremos a oportunidade de transformar os nossos problemas em alavancas para o nosso crescimento moral, intelectual e espiritual.


Por fim lembre-se: assim como os demais serviços existentes na casa espírita, o atendimento fraterno é gratuito, não havendo pagamento em nenhuma espécie. 


Para agendar um Atendimento fraterno entre em contato conosco através do "Fale Conosco".

SESSÕES DE DOUTRINAÇÃO (TRABALHO MEDIÚNICO)

Nos dias descritos abaixo temos os trabalhos  mediúnicos, que podem ser visitados por aqueles que desejam colaborar nesse trabalho  ou desenvolver a mediunidade.

 => Conversar com o dirigente do dia.


Dia da 
Semana
HorárioTrabalhos RealizadosDirigente
Segundas
Feiras
20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho Mediúnico
Reginaldo
Terças
Feiras
20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário (Andar Térreo)
Passe e Trabalho Mediúnico
Fabio e 
Claudio
Quartas
Feiras
20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho Mediúnico
Vecchi
1ª Quinta Feira
do mês
20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho de Desobsessão
Vecchi
Sextas
Feiras
20:00 hsAtendimento Fraterno - Estudo Doutrinário
Passe e Trabalho Mediúnico
Elen e Sérgio
Sábados
20:00 hs.Atendimento Fraterno - Estudo Doutrinário - Passe - Trabalho Mediúnico e Evangelização de criançasIvando
Terças (a cada 2 meses)
20:00 hsVibrações para a Saúde (Tratamento Espiritual)Fábio e Cláudio 
-



SESSÕES DE DOUTRINAÇÃO  (ABERTAS)


 Precedidas sempre de uma prece, realizam-se à meia luz, para facilitar a concentração mental dos participantes.


Essas características levam os adversários do Espiritismo a classificá-las como reuniões de magia ou de misticismo inferior.


Na verdade são as mais úteis e necessárias, controladas por Espíritos caridosos que promovem a comunicação de entidades sofredoras e perturbadoras. 


Sua finalidade é esclarecer essas entidades e libertar as sua vítimas das perturbações que lhes causam. 


Não se evocam espíritos. As comunicações ficam a cargo do mundo espiritual. 


Há dois tipos fundamentais: o das sessões livres ou abertas, em que muitos espíritos se comunicam ao mesmo tempo e são doutrinados por vários doutrinadores. 


O ambiente parece tumultuado e muitas pessoas sistemáticas condenam esse sistema. É o mais eficiente, produtivo, o mais conveniente numa faz de transição como a nossa, em que os problemas de obsessão se multiplicam. São consideradas de pronto socorro espiritual, em que dezenas de doentes são socorridos ao mesmo tempo. 


O dirigente controla a ação dos médiuns e os Espíritos agem de duas maneiras, controlando o acesso dos espíritos necessitados e ajudando muitas vezes na doutrinação dos casos mais difíceis. Há barulho, muita gente falando ao mesmo tempo, mas não há desordem. 


Os espíritos mais rebeldes são controlados pelos médiuns devidamente instruídos pela assistência espiritual. Não se submetem os médiuns a urso complicados e longos, mas a instruções práticas e objetivas, que são de grande eficiência. O volume de pessoas atendidas é de espíritos beneficiados é grande, mas vai diminuindo na proporção em que o tempo do trabalho se esgota. 


São encerradas com uma prece de agradecimento, às vezes precedidas de breves explicações sobre os casos mais difíceis, já então num ambiente de absoluta tranqüilidade.



(Livro O Espírito e o Tempo - IV Parte - Pesquisa Científica da Mediunidade - Item 03 - a - José Herculano Pires) 




VISITAS FRATERNAS EM DOMICILIO

Esse é um serviço para levar o tratamento espiritual, através de um grupo de tarefeiros Espíritas.  

É realizado em domicílio, casas de saúde, hospitais etc., exclusivamente a pessoas que não tenham possibilidades de locomoção, levando-lhes o serviço de Passes e divulgação da Doutrina Espírita. 


Esse serviço se destina , exclusivamente aos casos da região de JUNDIAÍ.


Para agendar a visita entre em Clik em  "CONTATO"



TRATAMENTO ESPIRITUAL

DIAS ESPECÍFICOS PARA TRATAMENTO ESPIRITUAL:
Esse trabalhos se destinam aqueles que estão com problemas físicos ou psicológicos.

=> A cada 2 meses, às terças feiras - 20:00h

Prescrição para aqueles que receberão o tratamento espiritual:
1 - Abster-se de álcool no dia do atendimento.
2 - Fazer uma alimentação equilibrada.
3 - Trazer uma garrafinha com água.
4 - Chegar 15 minutos antes para pegar a senha

Para maiores informações, envie-nos mensagem dando um Click em  "CONTATO"
Obs. O Tratamento espiritual não dispensa o tratamento médico.

TRATAMENTO ESPIRITUAL A DISTÂNCIA

Esse tratamento, se destina a pacientes que residem longe de nossa sede em Jundiaí. Se destina a portadores de doenças  físicas ou emocionais e é realizado em domicílio com a equipe espiritual do C.E José Herculano Pires com hora marcada.

Como fazer: -  Entre em contato dando um Click em "CONTATO" passando os dados do paciente com endereço.

 O tratamento normalmente é agendado as Sextas feiras ou aos sábados das 20:00 às 21:00 horas para que os pacientes possam repousar no dia seguinte, principalmente se necessitar de uma intervenção cirúrgica Espiritual.

O que fazer no dia do Tratamento:

Fazer uma alimentação equilibrada, sem excessos de carne e condimentos, evitando o uso de álcool e fumo.

Banhar-se antes de deitar;

Vestir-se com roupas confortáveis;

colocar jarra com água próxima a cama (beber no dia seguinte), 03 vezes ao dia 1/2 copo;

Deitar-se por volta de 20:00 horas (horário local do paciente), preparando-se com bons pensamentos e orações;

fazer repouso durante uma hora

A água restante poderá ser transferida para um litro ou jarra de vidro transparente, devendo ser completada (pode ser mineral sem gás) até enche-la, bebendo-a por duas a três semanas ou mais a seu critério, em doses moderadas. Não colocar em geladeira e mantê-la afastada da luz solar e de aparelhos elétricos.

A eficácia do tratamento está ligado diretamente ao tamanho de sua fé. Acredite!


Obs. O tratamento espiritual não dispensa o tratamento médico.


Para complemento do tratamento a distância, Tomar 04 passes, uma vez por semana com água fluidificada.



Espalhe por aí